PROGRAMAÇÃO

Igreja São Francisco de Paula – 2019 © Todos os direitos reservados

INSTITUCIONAL

COMO CHEGAR

CONHEÇA TAMBÉM

Desenvolvido por:

Igreja São Francisco de Paula

Um passeio pela história do Rio de Janeiro e do Brasil. 

 

Além de templo religioso que congrega fiéis e devotos de São Francisco de Paula, uma visita à igreja também é conhecer um pouco dos séculos XVIII e XIX, quando o Largo de São Francisco estava se tornando um dos pontos principais do Centro do Rio. 

 

O templo, que é um dos maiores da cidade, foi iniciado ainda no período colonial, por iniciativa das Ordem Terceira dos Mínimos de São Francisco de Paula. A construção começou em 1759 e só foi concluída em 1801.

 

Seu interior é fruto do trabalho de grandes mestres. Entre eles, o mais talentoso artista do período no Rio de Janeiro: Mestre Valentim. É dele o altar-mor e a Capela de Nossa Senhora da Vitória, trabalho que foi feito entre 1801 até sua morte, em 1813. 

 

Também enriqueceram a Igreja o pintor Mário Bragaldi, responsável pela decoração da nave central, além de Vitor Meireles e Manoel da Cunha. No templo, que é todo recoberto de talha, ainda conta com vitrais executados na Alemanha. Seus sinos ficara famosos e ganharam o apelido de "Aragão".

 

Naquela época, as igrejas também exerciam um outro papel muito importante na vida da comunidade. Elas eram responsáveis por executar toques de sinos que tinham, cada um seu significado especial. Entre os anos de 1824 e 1827, cabia aos sinos da São Francisco de Paula executar o toque de recolher do então intendente geral da Polícia, Teixeira de Aragão.

 

SÃO FRANCISCO DE PAULA E A ORDEM DOS MÍNIMOS

 

A igreja é dedicada a São Francisco de Paula, fundador da Ordem dos Mínimos. Italiano, nasceu no início do século XV, ficou conhecido pelo seu desapego aos bens materiais e total dedicação ao próximo.

 

A criação da Ordem dos Mínimos é uma mensagem clara de sua conduta de vida: que para servir a Jesus, é preciso ser mínimo, isto é, ser um servo de todos.

***

Espaço - Acervo

A Igreja São Francisco de Paula inaugura o Espaço - Acervo  Monsenhor Abílio Ferreira da  Nova, dando-lhe o seu nome em reconhecimento aos relevantes serviços desenvolvidos  por esse REVERENDÍSSIMO SACERDOTE NESTA VENERÁVEL IRMANDADE, (1985 - 2013).

Casa de Repouso São Francisco de Paula

A Casa de Repouso São Francisco de Paula, instituição de cuidado a idosos fundada em 1948, em seu mais de meio século de existência se mantém fiel a sua vocação, abrigando residentes geriátricos suprindo todas as suas necessidades e respeitando suas individualidades, tanto homens quanto mulheres sem distinção de raça, religião ou limitação física.


Todos os nossos residentes tem acesso a tratamento médico, assistente social, tratamentos fisioterápico, nutricional, fonoaudiólogo e dermatológico entre outros serviços.
 

Priorizando também a integração entre os residentes dessa harmoniosa casa, são organizadas atividades como festas de aniversário, palestras, oficinas de croché, artesanato, tapeçaria, decoupagem, cuidados na horta e oficinas de música.

 

 

Capela Nossa Senhora da Vitória

A capela do noviciado, destinada à iniciação dos novos irmãos da ordem foi construída entre os anos de 1801 e 1813. Devotada a Nossa Senhora da Vitória, numa alusão à vitória dos cristãos contra os turcos na batalha de Lepanto. A decoração, de estilo predominante rococó, consiste no revestimento em talha dourada sobre fundo claro e alguma policromia e painéis de pintura.

Os trabalhos de decoração interna estiveram a cargo de Mestre Valentin, em sua última obra, Antonio de Pádua e Castro (1855-1865) e outros, como o pintor mulato, escravo alforriado Manoel da Cunha contemporâneo de Valentin e autor dos painéis da Capela do Noviciado

 

Programação

 

Missas

Segunda a Sexta:

12:00

 

Adoração 

Terça e Quinta

às 14:00

Plantão de Oração e conselhamento com a Comunidade Mar Adentro. Projeto missionário incentivado pela Igreja de São Francisco de Paula, promovendo momentos de oração, de escuta e de aconselhamento oferecidos aos transeuntes do centro da cidade do Rio, no Largo São Francisco. Além dos atendimentos individuais, há a Adoração Eucarística, Terço da Misericórdia com a meditação da Palavra de Deus e a Celebração Eucarística.

 

Confissões

Segunda a sexta

10:00 às 11:45

Terça e Quinta: Antes ou após a celebração da missa.

 

Em outros horários, basta dirigir- se à secretaria ou à sacristia. Se o Sacerdote estiver na Igreja, ele dará prioridade ao Penitente.

 

Oração do Terço

Terço da Misericórdia:

Terças e Quintas

15:00

Terço Meditado:

Sextas:

17:15

 

Expediente

Segunda a Quinta

8:00 às 17:00

Sexta-feira

8:00 às 18:00

Sábado

9:00 às 17:00

Domingo

9:00 às 12:00